CIRURGIA PLÁSTICA

Vantagens e desvantagens da incisão periareolar (pela aréola) para inclusão de prótese de mama

A cirurgia de aumento das mamas com implante de silicone – Mastoplastia de Aumento com Próteses – é uma das cirurgias plásticas mais realizadas no Brasil na atualidade.

Existem diferentes técnicas, próteses e também tipos de incisão (local onde ficará a cicatriz) para esta cirurgia. A via de acesso pelo sulco (inframamária) é a mais comum e a axilar a menos comum.

Outro local onde se pode introduzir o implante mamário é através da aréola. Esta via de acesso se chama periareolar. A incisão periareolar promove excelente acesso para visualização direta e controle do local onde será inclusa a prótese.

Defensores desta técnica enfatizam que é tecnicamente mais fácil a dissecção dos tecidos uma vez que a incisão está a mesma distância para toda a mama. Advogam que a abordagem periareolar frequentemente produz um resultado cirúrgico superior apesar de não ser validado cientificamente.

A abordagem periareolar é particularmente lógica para pacientes que têm aréolas assimétricas, com deformidades, ou mal posicionamento do complexo aréolo-mamilar que requerem uma correção no mesmo tempo cirúrgico.

Incisão periareolar não é uma boa opção para pacientes com aréolas pequenas (menores que 3,5 cm) para implantes de base larga (maiores que 12 cm) ou muito volumosos. Também não é uma boa opção para pacientes que têm alguma doença da mama.

Todas as vias de acesso têm as suas vantagens e desvantagens. Converse com seu cirurgião plástico sobre estes e outros detalhes da sua cirurgia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.