CIRURGIA PLÁSTICA

Sou candidata(o) à cirurgia plástica após grande perda de peso?

Pacientes que conseguiram perder muito peso após dieta, exercícios físicos ou cirurgia bariátrica geralmente estão muito felizes com esta nova situação. Muitos perdem 50, 70 ou mais quilos.

Entretanto, muitos destes pacientes podem evoluir com bastante flacidez de pele causando enorme transtorno. Isto pode prejudicar atividades físicas, sexuais e profissionais e é uma queixa estética frequente.

A cirurgia plástica tem hoje um arsenal de técnicas para corrigir muitos destes defeitos. A cirurgia pode remover o excesso de pele dos braços, das coxas, do abdome, das mamas, elevar os glúteos e outras regiões.

Veja abaixo se você é uma(um) boa(bom) candidata(o) à cirurgia plástica após grande perda de peso:

Meu peso está estável: a estabilidade ponderal é importante porque um ganho ou perda de peso após a cirurgia plástica pode influenciar o resultado final da cirurgia. Recomendamos uma estabilidade ponderal de pelo menos um ano.

Sou uma pessoa saudável: é importante ter boas condições de saúde para se submeter a cirurgias plásticas eletivas. A avaliação do cirurgião plástico, os exames pré-operatórios e a avaliação de outros especialistas quando necessários irão predizer os riscos da cirurgia.

Não sou fumante ou tabagista: o cigarro é um importante fator complicador de praticamente todas as cirurgias. Aumenta o risco de necrose da pele, abertura de pontos, infecção da ferida cirúrgica, complicações pulmonares, trombose e embolias, dentre muitos outros. Ideal é parar com o cigarro 2 meses antes da cirurgia. Entretanto, estudos indicam que mesmo poucos dias antes da cirurgia já há uma diminuição dos riscos, menor que parar com 2 meses. Seu cirurgião plástico orientará sobre isto.

Possui expectativas positivas sobre sua cirurgia: importante estar preparado também psicologicamente para a cirurgia.

Possui expectativas realistas sobre a cirurgia: é importante de o paciente entende a cirurgia, seus resultados e limitações.

Estou compromissado com uma boa alimentação, atividades físicas e mudança de estilo vida: sem a ajuda do paciente os resultados podem ser desanimadores.

Saiba mais sobre cirurgias plásticas para ex-obesa(o):

Abdominoplastia Após Gastroplastia
Braquioplastia
Dermolipectomia Crural
Lifting Glúteo
Toracoplastia
Torsoplastia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.