QUEIMADURAS

Queimaduras

Queimaduras são lesões traumáticas causadas, na maioria das vezes, por agentes térmicos, químicos, elétricos ou radioativos. Atuam nos tecidos de revestimento do corpo humano, determinando destruição parcial ou total da pele e seus anexos, podendo atingir camadas profundas como músculos, tendões e ossos.

Sobre

As Queimaduras variam de pequenas lesões e feridas comuns, tratadas ambulatoriamente, às mais severas e devastadoras lesões que podem por a vida em risco. Elas são altamente variáveis e os traumas individuais afetam todas as idades e classes sociais.

Geralmente são causadas pelo contato direto com objetos quentes superaquecidos ou incandescentes, mas podem também ser provocadas por substâncias químicas como ácidos, soda cáustica e outros. Emanações radioativas como as radiações infravermelhas e ultravioletas ou mesmo a eletricidade são outros fatores desencadeantes das queimaduras.

Em termos gerais, o manejo dos pacientes queimados é baseado no tamanho, na profundidade e no local anatômica da lesão, mecanismo da injúria e nas doenças associadas que o paciente apresenta.

A vasta maioria dos queimados são superficiais em profundidade e devem cicatrizar em 10 a 12 dias sem complicações, embora grandes queimados requeiram tratamento emergencial e cirúrgico imediatos, seguidos por prolongados cuidados de enfermagem e reabilitação.

Independentemente da severidade da queimadura, os objetivos do tratamento é preservar a vida, alcançar cicatrização da ferida em um tempo hábil, minimizar a dor e o risco de infecção, preservar a função física e minimizar a deformidade estética.

As queimaduras de segundo e terceiro graus tanto podem deixar manchas hipertróficas (elevadas e fibrosas, mas restritas ao local prejudicado) claras ou escuras, quanto formar cicatrizes retráteis, hipertróficas e queloides (fibrosas, mas com dimensões maiores que as do ferimento), o que deixa a cicatriz muito evidente.

As queimaduras comprometem a estética e até mesmo a função de uma região ou membro. Nestes casos, diversos tratamentos cirúrgicos e não cirúrgicos podem ser realizados.

Queimaduras

Cirurgia Reconstrutora relacionada:
Expansão Tecidual


Queimaduras, Pele Normal
Queimadura Primeiro Grau
Queimadura Segundo Grau
Queimadura Terceiro Grau

Queimaduras

3 Cuidados Imediatos

Interromper o processo de queimadura:
Primeiramente, considere a sua própria segurança. Não se torne mais uma vítima da situação.
Se há fogo: pare, deite e role.
Se há corrente elétrica, desligue a corrente. Não toque a vítima.
Se há produto químico, remova o agente produtor da queimadura e irrigue com água abundante.

Resfriar a queimadura:
Coloque a área queimada sob água corrente fria, tomando o cuidado para não causar hipotermia (especialmente em crianças pequenas e idosos). Não use gelo. Esse procedimento é útil nas primeiras 3 horas depois da queimadura.
Para todos os tipos de queimados remova a roupa da parte do corpo afetada e que não está aderida à queimadura, além dos objetos como joias, piercings, relógios e acessórios.
Nunca aplique margarina, café, urina, pasta de dente, clara de ovo, pomada ou qualquer outra substância na região sem orientação médica. Estes produtos frequentemente agravam a queimadura!

Cobrir a queimadura:
Use um curativo ou filme plástico limpo sobre a lesão (não circunferencialmente).
Vá imediatamente a um serviço médico de urgência.


Classificações de Queimaduras

Segundo a SBQ (Sociedade Brasileira de Queimaduras), as queimaduras são classificadas quanto à profundidade como:

Primeiro Grau: De espessura superficial, como a queimadura solar. Afeta somente epiderme, sem formar bolhas. Provoca vermelhidão, dor, edema, descamam 4-6 dias.

Segundo Grau: Espessura parcial. É superficial e profunda, afetando a epiderme e derme, com bolhas ou flictenas. Base da bolha rósea, úmida, dolorosa (superficial). Base da bolha branca, seca, indolor (profunda). Restauração das lesões entre 7 e 21 dias.

Terceiro Grau: Espessura total. Indolor. Placa esbranquiçada ou enegrecida. Textura coriácea. Não reepitelizam, ou seja, necessitam de enxertia de pele (indicado no II Grau profundo).


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.