CIRURGIA PLÁSTICA

Drenagem linfática e cirurgia plástica

A drenagem linfática tem lugar de destaque no pós-operatório de cirurgia plástica. Ela pode ser realizada isoladamente ou associada com outros tratamentos.

Seu benefício principal é reduzir a retenção de líquido no organismo além de aliviar dores e melhorar a circulação sanguínea.

Hoje, considerada de ampla utilização no tratamento de várias patologias, a drenagem linfática após cirurgia plástica desenvolve sua ação principal sobre o sistema circulatório linfático, formado pela linfa, vasos linfáticos e linfonodos.

A aplicação da drenagem linfática após cirurgia plástica auxilia o aumento do transporte da linfa, que melhora a vascularização, a anastomose linfolinfática e linfovenosa e proporciona maior resistência defensivo-imunitária do organismo, devido ao aumento de células de defesa que veiculam no próprio sistema linfático.

A drenagem linfática após cirurgia plástica tem o mesmo efeito da drenagem normal. O que muda é a maneira e velocidade dos toques porque a região está sensível pela cirurgia. O procedimento no pós-operatório na cirurgia plástica é muito importante para determinadas cirurgias como a lipoaspiração, abdominoplastia e ritidoplastia.

Os movimentos suaves, delicados e rítmicos ajudam a eliminar o edema e equimoses que se instalam no pós-operatório, auxiliando na restauração dos tecidos, eliminando aderências, diminuindo dor e aliviando desconfortos.

A drenagem linfática após cirurgia plástica deve ser feita no corpo todo para estimular a circulação linfática geral e, na área operada, o trabalho deve ser mais detalhado.

Quanto antes iniciar a drenagem linfática, melhor será o resultado final.

Quando iniciar?

A drenagem linfática pode ser iniciada com 48 horas após a cirurgia plástica, sempre com indicação e liberação do cirurgião plástico.

Cada cirurgia tem sua indicação e cada cirurgião plástico tem seus métodos de trabalho. Ele indicará o número de sessões necessárias para cada caso. Isto deve ser respeitado sempre.

Antes também é legal!

No pré-operatório, a drenagem linfática é utilizada para estimular o sistema linfático, para que após o ato cirúrgico, o tecido que não for lesionado possa responder de forma mais eficiente. Normalmente as aplicações iniciam-se, no mínimo, uma semana antes da cirurgia e em dias alternados, sendo que a última aplicação deverá coincidir com a véspera do procedimento cirúrgico.

Assim, todo o sistema linfático da face estará mais ativo e com maior capacidade de resposta durante o pós-operatório imediato.

Este procedimento deve ser realizado com a carta de recomendação do cirurgião plástico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.